YouTube tem mais de 1 bilhão de usuários por dia, mas ainda não é lucrativo

213

Plataforma de vídeos do Google faturou US$ 4 bilhões em 2014, mas não gerou lucro

A plataforma de vídeos YouTube, do Google, atrai mais de um bilhão de pessoas todos os meses, mas ainda não é um negócio lucrativo.

Reportagem do “The Wall Street Journal” mostra que o site teve receita de US$ 4 bilhões em 2014, superior aos US$ 3 bilhões do ano anterior. Ao mesmo tempo que esse valor representou 6% de todo o faturamento do Google no ano passado, não contribuiu em nada com o lucro da gigante da internet.

Os números indicam, segundo o jornal americano, o desafio do YouTube de expandir sua audiência principal para além dos adolescentes e jovens. A maioria dos usuários da plataforma acessa os vídeos postados em outras páginas ao invés de visitar o próprio site do YouTube.

A ideia dos executivos do Google, ainda segundo o “The Wall Street Journal”, é que os usuários entrem na página do YouTube como um hábito, para que possam escolher entre diferentes canais de entretenimento, como se fosse uma televisão.

“Há muita porcaria no YouTube”, disse ao “The Wall Street Journal” Brian Weiser, analista da Pivotal Research. “Se eles querem orçamento significativo de TV, eles precisam investir em conteúdo de TV.”

O Google comprou o YouTube em 2006 por US$ 1,65 bilhão.

COMPARTILHAR