Dona de loja vende mais de 200 peças pelo Whatsapp

556

Gabriela Cavalcanti, 29 anos, descobriu uma forma de ganhar dinheiro com as mídias sociais. Dona da loja de acessórios femininos G.Cavalcanti, em Poá, interior de São Paulo, ela consegue fazer em média 220 vendas por mês somente pelo Whatsapp.

A empreendedora testou e descobriu que essa rede social tornava a comunicação com as clientes mais ágil do que o e-mail. “Sem falar que todo mundo me encontra com mais facilidade pelo Whatsapp”, completa Gabriela que tem na manga algumas táticas: “Separo um tempo considerável para postar na fanpage da loja no Facebook e no Instagram. Mas os preços das peças, por exemplo, só informo pelo Whatsapp. Assim consigo um contato melhor com a cliente e ganho oportunidade para explicar sobre a marca, mostrar outras opções de produtos e dar dicas de como usar, por exemplo”.

Gabriela-instagram

Com a internet, o produto de Gabriela ultrapassou fronteiras e fidelizou clientes em vários Estados. Hoje, envia as bijuterias para todo o Brasil, o que para ela seria impossível sem a visibilidade proporcionada pelas mídias sociais. “Publico sempre dicas de moda e capricho nas fotos. Só pelo tipo de imagem que posto e da legenda que escrevo já consigo saber se a peça vai vender na hora ou não”, explica ela que faz questão de frisar que lê tudo sobre mídias sociais, técnicas de postagem e como usar hashtags.

A história da empreendedora é emblemática num cenário em que as pessoas estão cada vez mais conectadas. Só no Whatsapp são mais de 600 milhões de usuários ativos, o que representa ampla oportunidade para profissionais, empreendedores e empresas de qualquer tamanho.

No entanto, a especialista em Mídias Digitais, Lilian Ambar, ressalta que para atuar nestes canais é preciso estar preparado. “Começar a se comunicar com os consumidores por meio das mídias sociais exige conhecimentos que dificilmente se obtém sozinho. E mais do que isso: atuar nessas mídias sem as habilidades necessárias favorece que se cometa erros,

irreversíveis”, explica.

Fonte:https://catracalivre.com.br/geral/empreendedorismo/indicacao/dona-de-loja-vende-mais-de-200-pecas-pelo-whatsapp/

COMPARTILHAR