3 Dicas para descobrir o que é realmente importante para você

464

Pare de viver no “urgente” e tenha tempo para o que você gosta de fazer. É possível!

Muito provável que você já tenha estudado bastante sobre gestão e administração do tempo ou pelo menos lido algum artigo ou dica sobre esse assunto, tão badalado nos dias de hoje. O tempo anda sendo um “problema” para muita gente, não é mesmo?

Você já deve ter ouvido falar também sobre algumas teorias consagradas que dizem que é crucial que você comece a priorizar aquilo que é importante para você e evite ao máximo o que é urgente e circunstancial. A verdade é que na prática as coisas não são tão simples assim.

Dica 1: Identificar o que realmente é importante

Dentro da categoria “Importante” você pode listar aquilo que realmente te realiza e traz bem-estar, e principalmente as tarefas que você tem tempo disponível para executar. E aí entra algo que eu acho muito interessante: o que me realiza não necessariamente realiza você e vice-versa.

O que traz bem-estar para uma pessoa não necessariamente traz para outras. Sendo assim, cada pessoa precisa encontrar o seu ponto de bem-estar. Não existe regra e muito menos fórmulas mágicas, por isso digo que é um pouco mais complexo do que parece.

Após ter identificado aquilo que é importante para você, entrarão as tarefas e atividades que serão classificadas como urgentes e circunstanciais. As atividades urgentes são aquelas em que o nosso prazo para execução é muito curto (ou já estourou). Geralmente, aquilo que era importante e você não fez em um determinado momento se tornará urgente.

A consequência de trabalhar sempre com o urgente é o estresse e aquele sentimento de “apagar incêndios” a todo momento. Na categoria “Circunstancial” estão as atividades que literalmente não agregam valor algum na sua vida. Cada um sabe, se analisar com honestidade, quais são as atividades que executa e que não trazem valor.

A grande sacada de tudo isso está no fato de que, quanto mais você conseguir priorizar as atividades importantes, mas plena será sua vida. E por qual motivo isso acontece? É simples: você estará fazendo coisas que trazem bem-estar e são condizentes com o que você realmente almeja, com suas metas e objetivos.

Opa! Metas e objetivos? Isso mesmo! Saber qual é o seu grande objetivo de vida é fundamental! Sem saber ou definir o grande objetivo da vida, fica difícil (para não dizer impossível) priorizar e definir o que realmente importa. Concorda?

Definir o que é importante sem ter um objetivo definido é como ir caminhando pela vida com uma venda nos olhos – não faz sentido.

Dica 2: Definir objetivos e metas

Para isso, existem muitas técnicas e dicas que se você colocar em prática, com certeza mudará sua vida. Compartilho aqui o link do Portal E-VOLV.ME, do qual sou sócio e que é 100% focado nesses temas, bem como em Coaching, Produtividade e assim por diante.

Mas não se engane, apenas definir metas e objetivos não significa muita coisa. É preciso acompanhar o andamento e a evolução dessas metas e objetivos, gerenciando-os de forma ativa e inteligente. É preciso monitorar de perto seu andamento, pois quando algo sair do trilho, rapidamente você notará e poderá agir.

Importante: eu estou falando sobre nossa vida pessoal mesmo, ok? Não estou falando sobre metas e objetivos corporativos. Estou tentando trazer uma perspectiva de que a nossa vida pessoal também é movida por metas e objetivos, e se não cuidarmos de perto da nossa vida, você já sabe o resultado.

Dica 3: Conhecer bem a si mesmo

Esta dica está relacionada com as outras duas. É fundamental que você se conheça cada vez mais e melhor, para identificar onde você está, hoje, e preparar o caminho para o futuro desejado. O autoconhecimento ajudará você a definir seus objetivos e metas, bem como norteará as suas decisões com relação ao que é importante, urgente e circunstancial.

E para ajuda nesta fase de descobrimento, proponho que responda para si mesmo algumas perguntas, com sinceridade e honestidade:

Qual é a coisa mais importante na sua vida?
Pensando profissionalmente, o que você deseja conquistar?
Por que o seu trabalho é tão importante para você? Por que trabalhar?
Você tem tempo disponível para fazer tudo o que gosta, tudo o que ama fazer?
Qual legado você gostaria de deixar para as pessoas que convivem com você?
Quem é você e o que está fazendo aqui no planeta Terra?
Se você pudesse fazer uma viagem no tempo, para o seu futuro, como gostaria que sua vida estivesse? Como seria seu futuro?
Responder essas perguntas simples, mas de uma profundidade imensa, poderá nortear um pouco melhor a sua vida e ajudar na definição do plano e propósitos para ela, além de contribuir na definição de prioridades.

Para encerrar, compartilho um dado importante com você: de acordo com Christian Barbosa, autor do livro “A Tríade do Tempo”, pessoas extremamente eficazes têm nível de importante entre 55% a 70%.

* Conteúdo original: By Fabio Santana
http://dinheirama.com/blog/2015/07/07/3-dicas-descobrir-realmente-importante-voce/#sthash.RcsZ3gL9.dpuf

COMPARTILHAR